Jailson foi o dono da bola no Pacaembu.

Posted on

O Palmeiras fez 30 minutos incríveis na primeira etapa. Marcou o primeiro e poderia ter feito mais 2 com Dudu e Bruno Henrique. O Santos parecia perdido com o toque de bola palmeirense.

Diogo Vitor em péssima jornada. O peixe não criava chances. Depois dos 30 minutos, o clássico ficou mais igual e aí apareceu a figura do goleiro Jaílson. Fez uma grande defesa ao defender uma bola de cabeça, e depois, pegou o chute de Gabriel cara a cara. Um erro tremendo do zagueiro Thiago Martins que esteve meio inseguro na partida.

Bruno Henrique jogou muita bola nos primeiros 45 minutos. Alíson foi o melhor do Santos.

Jair Ventura deve estar pensando … Há se eu tivesse um bom meia armador.

O Segundo tempo foi mais equilibrado e o Palmeiras permitiu ao Santos algumas saídas rápidas em contra-ataque.

O garoto Rodrygo entro muito bem. Achei que demorou muito para entrar diante na fragilidade do futebol apresentado pelo Diogo Vitor.

Jaílson apareceu novamente no jogo. Fez duas defesas importantes. O Palmeiras chegou com Keno, outro destaque do verde e Victor Luís, que mais uma vez fez uma partida impecável.

Os números do footstats mostram que o Palmeiras finalizou e desarmou mais, e teve 52,3% de posse de bola. O Santos precisa urgentemente contratar um centroavante e um meia armador.

Bruno Henrique acertou 45 passes e errou apenas dois. Esteve perto da perfeição até ser substituído por Moisés. Dodô foi bem como opção ofensiva na lateral do Peixe. Lento na recuperação e Daniel Guedes foi facilmente envolvido pelo Keno.

A vantagem é boa. Terça-feira tem muito mais.

Ouça meu comentário…

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *