Corinthians vence o jogo e leva o título nos pênaltis. Cássio fez a diferença!

Posted on

Não dá pra falar do jogo sem citar o que fez a arbitragem. Fez errado ao marcar um pênalti, que de fato, não existiu. Ralf toca na bola e depois derruba Dudu. Ok? Uma questão de critério? Lembrando que Jaílson também acertou primeiro a bola no clássico na fase de classificação. O árbitro fez questão de ver o que tinha acontecido após ter deixado o lance seguir. É uma questão de critério? Ou não? Acho que ficou claro.

Como alguém que estava fora do lance, viu tudinho com mais clareza que o árbitro? A influência de quem está fora deveria valer em todos os jogos da competição. O fato de voltar e corrigir um erro é louvável, como ele fez? E quem mandou? E como o quarto árbitro, ou o representante, ou alguém que ainda não sabemos, em tese, muito mais distante do lance teve a convicção contrária da que teve o árbitro que estava bem posicionado? Perguntas que não tem respostas claras. O juiz não dá entrevista e não esclarece o fato. Quem viu? E como viu?  Ou você utiliza o recurso em todos os jogos, ou você pode desqualificar a conquista de quem adotou a melhor estratégia e foi mais competente.

Fábio Carille pensou em levar a decisão para os pênaltis e obteve exito. O Corinthians marcou muito e bem. Fez um gol rápido num erro de marcação e posicionamento coletivo do sistema defensivo do Palmeiras. Novamente marcação errada nas costas do Marcos Rocha e ai todo mundo errou junto. Antonio Carlos e depois da finalização do Rodriguinho que estava livre dentro da grande área, Victor Luis desvia a bola. Não sei se Jaílson defenderia que entrou.

Com as coisa iguais em termos de placar, o Corinthians se posicionou para receber o Palmeiras em seu campo e o time de Róger Machado saiu pra jogar principalmente com Dudu pelo lado direito. Levou algum perigo e chegou a criar boas possibilidades.

Na segunda etapa o Corinthians voltou ainda melhor e o Palmeiras piorou!

Ouça meu comentário…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *